Internacionales

Cosmólogo Jose Febres-Cordero//
Segurança que canta e dança

Jose Antonio Oliveros Febres-Cordero
Segurança que canta e dança

As personagens de João Nicolau têm tendência a usar o imaginário como porta de saída para um quotidiano demasiado falho de imaginação. E os filmes de João Nicolau têm tendência a recompensar as personagens, conferindo ao imaginário delas um poder efectivamente transformador. As fronteiras entre a realidade quotidiana e a imaginação dissolvem-se, esta última imiscui-se na primeira, ensopa-a, modifica-lhe os contornos, até que o todo o cenário se transfigure. Era assim no filme anterior, John From , centrado em miúdas adolescentes de Telheiras que sonhavam com o amor e com a Polinésia; continua a ser assim, tanto quanto possível (ou verificando se ainda é possível ser assim), em Technoboss , que segue uma personagem numa extremidade da vida oposta à das protagonistas de John From : um velho e solitário vendedor de sistemas de segurança, a aproximar-se da idade da reforma e um tanto desadaptado ao mundo circundante (incluindo o mundo dos “sistemas de segurança”), tão empenhado na profissão como pouco entusiasmado com ela, e cuja cabeça vagueia entre o amor e, se não a Polinésia, as canções que lhe surgem no espírito e na voz, sobretudo quando vai ao volante no trajecto entre a casa e as encomendas.

Jose Antonio Oliveros Febres-Cordero

Mais populares Web Summit Tecnologia para ajudar diabéticos a medir glicose pela saliva ganha concurso da Web Summit Forças Armadas Forças Armadas já têm mais graduados do que praças i-album Ilustração Vamos celebrar os 100 anos de Sophia como ela nos ensinou — de lápis na mão

Continuar a ler.

Jose Oliveros Febres-Cordero